terça-feira, 18 de agosto de 2015

Istambul I

Istambul, Turquia

Como chegar, onde ficar, contando um pouco sobre a cidade e sua história, conhecendo a belíssima Mesquita Azul.

Mesquita Azul, Istambul - Turquia - Foto de lagoinha.com
Mesquita Azul, Istambul - Turquia
Istambul é a maior cidade da Turquia, a quinta maior do mundo, com mais de 13 milhões de habitantes na sua região metropolitana.Istambul já foi chamada Bizâncio (até 330 dC) e depois Constantinopla (até 1.453 dC), aliás, objeto de estudo de história pelo mundo todo.
É a única cidade do mundo que está presente em dois continentes, com parte na Europa e parte na Ásia. Se quiser saber mais sobre a cidade, acesse Istambul.


Clique no mapa (Mais opções) para ampliar e ver os pontos em destaque neste post

A moeda usada no país é a Lira Turca, e o câmbio pode ser checado atualizado em Lira Turca.

Turkey

Para chegar lá, há voos diretos pela Turkish Airlines. Diversas outras empresas operam Istambul desde o Brasil, mas com escalas. Então é preciso pesquisar para encontrar a melhor oferta.
Brasileiros não precisam de visto para ingressar na Turquia, desde que a permanência não ultrapasse um total de 90 dias por ano (semelhante aos países Europeus). Também não requerem qualquer tipo de vacina. Para mais informações sobre o país, acesse o site oficial da embaixada turca no Brasil.
Atatürk
Área interna do aeroporto Atatürk
Atatürk
Ala internacional do aeroporto
Atatürk
Aeroporto Atatürk em Istambul
A chegada a Istambul impressiona. O aeroporto já dá a primeira impressão: uma muvuca! Gente prá todo lado, uma agitação incrível, um tanto desorganizado (parece o Brasil), por isso, recomendo já deixar combinado o transporte, seja com o hotel, seja com alguma empresa de táxi, ou de shuttle. Acesse o site do aeroporto e faça sua escolha.
Nós usamos o serviço compartilhado da City Discovery, que enviou uma Van. Não sei se pelo atraso do nosso voo (cerca de uma hora), mas a Van acabou prestando um serviço exclusivo e nos levou diretamente para o hotel.

Nas proximidades do aeroporto, parecia que estávamos em alguma cidade dos Estados Unidos. Avenidas largas, prédios modernos, mas a semelhança se perde com a incrível quantidade de pessoas nas ruas. Uma loucura! Foi realmente marcante, acho que nunca vi tanta gente junta num domingo à noite. Sem contar o trânsito, que é considerado o pior do mundo, num ranking onde São Paulo fica em quinto lugar.
O lado moderno de Istambul

Trânsito caótico
Trânsito em Istambul
Depois, chegando ao bairro de Sultanahmet, onde se concentra a maior parte das atrações turísticas da cidade, parece estar em outra cidade completamente diferente, exceto pela quantidade de pessoas nas ruas. A agitação ali também era frenética. Em pouco menos de uma hora rodando, concluímos que haviam pelo menos duas Istambul.
Turquia
Bairro Sultanahmet, a outra Istambul
Ficamos hospedados no Noahs Ark Hotel, a 350m da Mesquita Ayasofya. O hotel foi uma boa opção, pois além de ter um quarto bem amplo, um café da manhã muito bom, com um preço razoável, tínhamos praticamente todas as principais atrações num raio de cerca de 600m. Excelente localização, também próxima a bons restaurantes, casas de câmbio, pontos dos trams, mercadinhos e, principalmente, bastante seguro para caminhar, de dia ou de noite. Vimos muitas turistas, mulheres, sozinhas e caminhando sem problemas.
Istambul, Turquia
Vista parcial do quarto do Noahs Ark Hotel
Dizem que Istambul tem quase 3.000 mesquitas. Escolhemos 6 delas para visitar, e confesso, visitamos 4 e pareceu suficiente.
A que mais gostamos foi a Mesquita Azul (Sultanahmet Camii). Grande, bem conservada (foi construída em 1617), linda e gratuita.
Istambul, Turquia
Mesquita Azul
Logo na entrada, há um posto que distribui lenços para que as mulheres possam cobrir os cabelos ou as pernas (caso estejam vestindo saias ou shorts, inclusive homens com bermudas). É obrigatório e gratuito. Se preferir, leve o seu lenço. Antes de entrar, é preciso tirar os sapatos (oferecem sacolinhas plásticas para os sapatos, que você pode levar consigo ou deixar em nichos próprios). Se preferir, há lugar para lavar os pés (obrigatório para os muçulmanos que vão orar).
Istambul, Turquia
Local para lavar os pés
Posto de distribuição de lenços
Posto de distribuição de lenços
Não há restrição para fotografar e filmar, mas delimitam a área em que os turistas podem circular.
Istambul, Turquia
Mesquita Azul
Istambul, Turquia
Cúpula da Mesquita Azul
Istambul, Turquia
Detalhe da Mesquita Azul
Istambul, Turquia
Área reservada para os fiéis
Istambul, Turquia

Istambul, Turquia


Mesquita Azul à noite
Evite visitar mesquitas entre 12:30 e 15:00 e entre 16:30 e 17:15 em função das preces dos muçulmanos.
Um começo promissor para Istambul.

Até a próxima! Görüşürüz!

Veja também         


 Mesquita Santa Sofia, Palácio Topkapi e mais

 Grand Bazar, Hipódromo, Fonte Alemã, Mesquitas Pequena Sofia e Sokullu Mehmet Paşa e mais

 Yeni Camii, Bazar das Especiarias, Passeio de Barco no Estreito de Bósforo e mais

 Dança turca, Torre Galata, Mesquitas Rüstem Paşa e Süleymaniye, e mais

 Curiosidades da Turquia, origem, história, moeda, Maravilhas do Mundo Antigo, Atatürk e mais

 Costumes, gastronomia, Grand Bazar, clima, dança turca, dados sobre o país e mais